Livro: O pesadelo de Lars Kepler (pseudônimo)




Lars Kepler (pseudônimo), Intrínseca - 2012


"Após conquistar os leitores em O hipnotista, o detetive Joona Linna está de volta em 'O pesadelo'. Best-seller internacional, o thriller policial de Lars Kepler foi aclamado por público e crítica em dezenas de países. Agora, o autor nos deixa sem fôlego com um novo quebra-cabeça, cujas peças o detetive mais carismático, intuitivo e obstinado da Suécia precisa encaixar. 

Tudo começa quando a polícia descobre o corpo de uma jovem dentro uma lancha à deriva no arquipélago de Estocolmo. Seus pulmões estão cheios d’água e os médicos legistas afirmam que ela morreu afogada. No entanto, o barco está em perfeito estado e o corpo e as roupas da mulher estão secos. No dia seguinte, um alto funcionário do governo sueco aparece enforcado em seu apartamento. Ele flutua no ar enquanto uma enigmática música de violino ressoa por todo o ambiente. 

Tudo indica que foi suicídio, mas o salão tem pé-direito alto e não há nenhum móvel em volta no qual ele possa ter subido.Encarregado de desvendar os dois mistérios, o detetive Joona Linna tenta estabelecer um vínculo entre esses acontecimentos que, à primeira vista, não têm relação. Ao descrever o curso vertiginoso de eventos para os quais a lógica é um mero prelúdio, o mais assustador em O pesadelo não são seus crimes horripilantes, mas a psicologia obscura de seus personagens, que mostram como somos todos cegos a nossas próprias motivações."


Os autores suecos são surpreendentes. Já li Steg Larsson na trilogia eletrizante de Millenium, e Camila Lackberg em A princesa de gelo. São excelentes escritores, as tramas sempre bem escritas e cheias de detalhes e informações e os finais é claro, sempre inesperados. 

Não é diferente com O pesadelo, uma trama cheia de suspense, muito misteriosa e envolvente. Daqueles volumes que é impossível parar de ler. Não há muito o que falar, pois nesse caso, fica impossível comentar sem dar spoiler, pois é uma história de muitas reviravoltas. 

A primeira impressão que tive de Joona Lima foi que ele era inteligente e misterioso demais, uma vez que faltavam informações sobre sua 'pessoa', mas não sabia que O pesadelo é o segundo volume de uma série. Mesmo a história sendo independente, acredito que as maiores informações sobre esse personagem principal esteja no primeiro volume.

Mas, impossível não gostar do cara que entre um problema grave de saúde e um estranho namoro resolve todas as questões dos crimes mais absurdos e violentos da Suécia.

 O final do livro faz introdução do terceiro volume, deixando questões abertas, mas que só deixam o leitor curioso, em nada comprometem a história lida.

Amei o casal de escritores Lars Kepler e já estão na minha lista de autores para acompanhar.






   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...