Paris





Confesso que estava morrendo de medo da França, pela fama dos franceses e tal. Mas não tive problemas, sempre começava pelo as frases pelo “Bonjour” e corria para o meu "inglesh". Tive uma boa experiência e não passei nenhum tipo de sufoco. Isso, porque me muni de muita informação antes de ir. E como tem wi-fi por toda Paris, sempre que tinha dúvida consultava o Dr. Google. Sempre digo, obter informação antes é a melhor maneira de não passar sufoco.

Mas... Vamos a Paris!

Paris é muito linda e aquela torre iluminada sinceramente é mágica. Quando você sai de metro no Trocaderó, sobe as escadas e dá de cara com a Torre toda lindona, brilhante, dominando a noite.
Minha Nooossa! Esse é um dos momentos que você reconhece que tudo Valeu muito a pena.
Que a cidade é bonita de dia, sim é sim. Mas a visão da Torre a noite foi uma das coisas mais bonitas que vi nessa viagem. Não esperava tanta beleza.

Há muito que ver e fazer na cidade e os 5 dias que passei foram poucos, mas fiz tudo muito devagar, sem a menor pressa, deixei o que não deu pra fazer para uma próxima vez.

Transportes

Metro em Paris é bem caro. O ticket custa 1,70 e o bilhete não é ida e volta. Por isso não se espante quando ver pessoas pulando roleta, passando junto etc. Não andei de ônibus, porque geralmente é mais complicado.

Alimentação

Andando pela cidade, dá para encontrar restaurantes com preços bem em conta no chamado Menu. São combos: com entrada + prato (entree + plat) ou prato + sobremessa (plat + desert) etc. Esses Menus ficam expostos na frente do estabelecimento com as opções do cardápio e preços. Os preços variam muito, mas geralmente os mais em conta partem de 7 euros.

Não me aventurei nos Menu’s da vida. Por problemas linguísticos. Fiquei com os fast food nosso de cada dia e mercados, que vendem de tudo, sem ninguém para te incomodar.

Hospedagem

Sempre uso o Hostelworld para hospedagem e agora descobri o Hostelbookers e virei fã. Encontrei um Hotel bacana e bem baratinho em Montmatre, muito bem localizado, perto do metro, mercado, banco e claro, o meu adorado Mc Donalds. O Hotel é o Andre Gill, reservei pelo Hostelworld.

O mais legal desses sites é que eles listam hotel, hostel, B&B por preço ou pontuação. Tem mapas e opiniões de quem já se hospedou no estabelecimento. Muito melhor e seguro para reservar.


Paris é enorme, tem inúmeras coisas para fazer, não há como fazer tudo em apenas 4 ou 5 dias ou uma semana, seria necessário uma vida na cidade para conseguir ver e fazer tudo que ela tem a oferecer. Sabendo disso escolhi os lugares que não podia faltar de jeito nenhum nessa primeira visita. Não corri e não me arrependo.

Fui à cidade com apenas duas coisas em mente, lugares que não poderia de maneira nenhuma deixar de ver LOUVRE e TORRE. Gosto de museus, mas não acho que deveria visitar todos, até porque a gente “perde” muito tempo. A cidade em si já é um museu. Seus prédios, suas ruas cheias de história, seus palácios e jardins. Então meu roteiro ficou bem enxuto. De museu só o Louvre mesmo, a minha paixão de adolescente.

Cheguei a cidade depois de 2 dias em Roma. Voei Ryanair de Roma para Paris, o voo foi super tranquilo e não achei tão desconfortável como dizem.

Chegando a Beauvais só existe uma forma de chegar a Paris, pelo menos é o que parece, sei que tem o RER e um ônibus local, mas não achei nenhuma informação sobre esse ônibus local então não arrisquei, pequei o Shuttle oficial do aeroporto. Achei bem caro, o ticket custa 15 euros por pessoa e você pode comprar logo que faz o desembarque.

Depois de uma hora, o ônibus te deixa próximo à entrada da Estação de Porte Maillot e de lá é possível pegar o metro até a Estação Charles de Gaulle e de lá ir para qualquer ponto da cidade. Achei o metro bem organizado. As maquinas estão em vários idiomas e você pode comprar somente com moedas ou cartão de crédito.

Depois de deixar as malas no hotel, fui para a Torre. É muito bacana a sensação da primeira vista. Emoção Pura!




Pela cidade...







Depois de muitas andanças fui conhecer a minha primeira paixão: O Louvre. Não há o que dizer do Louvre, muita gente só conhece a piramide do filme "O Código da Vinci", mas não importa. Vá o Louvre e gaste pelo menos uma manhã lá. E como já existem guias em português, pegue o seu e se perca pelo acervo de 5.000 anos.



#Fique atento! Não perca horas na fila da entrada principal que é a Piramide. Pelo Carrosel do Louvre há uma entrada que também leva a piramide principal. A entrada do Carrossel fica bem escondidinha na Rua Rivoli. De lá pela passagem subterrânea se chega ao Louvre.



Há muitos roteiros na web do que ver e fazer e como a cidade tem muitas opções vale a pena dedicar um tempinho especial selecionando os melhores dos melhores. Até porque é muito legal fazer roteiro.

Eu adoro, escolher os locais, ver fotos, preparar roteiro, fazer reservas. Enfim, todo o processo é bem legal.

Paris é linda e vale a pena uma visita de no mínimo uns 4 dias. Nada melhor do conferir por si e tirar suas próprias conclusões.


*
Não fiz e acho que vale a pena!

Passeio de barco pelo Sena – fui deixar para fazer depois e acabei esquecendo completamente do passeio de barco. O passeio pela manhã custa 10 euros. Acho que vale muito a pena, mesmo para quem está sozinho. O Sena corta toda a cidade e você vai poder ver todos os principais pontos.

Livraria Shakespeare and Co. – Quem gosta de livros vai adorar. O lugar parece ser um encanto, reduto de artistas desde o século passado. Não fui porque estava cansada. E acabei esquecendo de voltar. Para quem gosta de livros e livrarias antigas, acho imperdível.

Paris é incrível realmente. E é impossível conhece-la em uma única visita. Então escolha alguns pontos e deixe o restante para a próxima. Não faça nada correndo ou só para dizer que foi. Acho isso um desperdício de tempo e uma bobagem. Fazer coisas de que não gosto apenas para dizer que fui. Fiz tudo que planejei sem correr em nenhum momento. Deixei muita coisa para trás. Daqui a alguns anos eu volto! ;)





Várias tentativas para focar a melhor visão de todas: A Torre iluminada




Nos próximos posts: Jardim de Monet e Rouen




   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...