Um falso Deus chamado jesus cristo




Por Márcio de Souza




Crise todo mundo tem, mas nos últimos meses, percebe-se que a comunidade protestante em geral está debaixo de uma onda de experiências e situações que assombrariam qualquer apóstolo. Por exemplo, é fato que verdades que soavam absolutas para nós, agora se transformaram em jargões sem poder. O relativismo tem minado as bases da ortodoxia e derrubado “verdades absolutas” na cabeça de milhares de pessoas pelo Brasil.

Havia respeito por alguém que se denominasse pastor, afinal de contas, era o estereótipo de integridade. Hoje em dia, ser pastor não significa muita coisa, pelo contrário, é sinônimo de usurpação e falta de caráter. Quem tem crédito hoje em dia são os bispos, apóstolos, paióstulos, príncipes e reis que estão sendo ordenados de qualquer maneira por aí. A primeira verdade que deixou de ser verdade nesses tempos pós-modernos é que existem verdades absolutas. A reboque, a relativização da função pastoral, tornou pastores em animadores, deixando a autoridade e o governo da Igreja para o bispo-mestre e primaz.

Outra “verdade” que abandonou seu posto com o ataque relativista é o esvaziamento do conteúdo Bíblico das mensagens. Uma boa coreografia seguida de boa música já resolve o problema do povo, nos tornamos os reis do blá bla blá e esquecemos do conteúdo da nossa mensagem. Estamos fazendo o que dá certo e não o que é certo. A maravilhosa proposta do Reino de Deus, converteu-se em chavões na boca de falsos profetas que se contentam com essas “novas verdades”.[grifo meu]

Por último, apresenta-se o quadro mais grave que poderíamos presenciar, o diabo, sabedor de nossas fraquezas, entende que não adianta mais tentar lançar pessoas no culto a imagens, espiritismo e outros tipos de coisas. Agora o ataque tem sido mais sutil, ele leva os fiéis a adorar um falso Deus chamado jesus cristo. Não se assuste, é isso mesmo, Jesus cristo é o nome desse novo ídolo criado para arrebanhar milhares e milhares de desavisados. Não estou falando do Deus vivo e ressurreto, daquele que morreu por nós e que vive e reina pra sempre, mas de cristo esvaziado do seu conteúdo, sem poder, o cristo jargão, que precisa de rosa vermelha ou sal grosso para completar sua obra salvífica, aquele que depende de um banho de descarrego ou de um sabonete de enxofre para libertar alguém.

Queridos, esse não é Cristo, é demônio disfarçado de anjo de luz. Estão tentando fazer com que a verdade da cruz seja jogada no lixo e deixe de ser verdade, planejam que Jesus seja morto de uma vez por todas, mas não importa quantas vezes eles venham a tentar matá-lo, ele sempre há de ressuscitar! Porque não interessa quantas coisas o relativismo vai abarcar com sua ideologia, o homem que um dia disse que é a verdade, zelará pelo seu bom nome e pelo seu sacrifício!

Pense nisso:

“E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz.” 2 Corintios 11:14

E no mais, tudo na mais santa paz!

--

Postou Marcio de Souza, no Púlpito Cristão.

*****

Assino abaixo.

Cíntia M.S.

   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...