Livro - As Memórias do Livro




Terminei a leitura do livro: “As memórias do livro” de Geraldine Brooks, publicado no Brasil pela Ediouro.
O livro é uma ficção em torno da história da criação da real Hagadá de Sarajevo. Um livro judeu que conta o êxodo de seu povo.

Esse é o ponto superpositivo do livro a narrativa da história do livro, que é rica em detalhes técnicos e históricos. A Hagadá da narrativa vai sendo montada por vários artistas em épocas muito distintas. O que torna a leitura bem interessante. Além de trazer um pouco de luz, sobre como os judeus eram vistos ao longo dos anos.

Porém toda essa narrativa rica se perde no meio dos personagens que compõe a historia. A autora mostra uma incrível falta de sensibilidade e uma enorme vulgaridade a dar vida aos personagens que de alguma maneira passam pelo caminho da Hagadá. A trechos que tornam o livro impróprio para menores, como por exemplo, a historia de Ruti, uma jovem judia que se prostitui com um homem casado para ter acesso a um livro que em sua época era proibido para mulheres. Acho um desperdício, pois o livro poderia ser um bom presente para crianças, por exemplo, pois tem um grande conteúdo de história e geografia, porém com tanta vulgaridade realmente não dá. Não li o livro no idioma original, talvez tenha sido um erro de tradução, haja vista que a edição deixou muito a desejar. Não sou expert em português, mas é não há como deixar passar. O livro tem erros de gramática que chegam a confundir o leitor.

Por fim o livro que poderia ser grande, é realmente um desperdício de uma grande historia.

Cíntia M.S.

   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...